sexta-feira, 11 de maio de 2018

Barbet Schroeder – “Barfly – Amor Marginal” / “Barfly”



Barbet Schroeder – “Barfly – Amor Marginal” / “Barfly” 
(EUA – 1987) – (100 min./Cor) 
Mickey Rourke, Faye Dunaway, Alice Kriege. 

Barbet Schroeder, o ex-actor de Rohmer tornado cineasta e que nos tem oferecido excelentes filmes, ao levar ao cinema “Barfly – Amor Marginal”, cujo argumento foi escrito pelo próprio Charles Bukowsky, depois de dois anos antes o cineasta Barbet Schroeder ter assinado uma série documental sobre a vida e a obra do polémico escritor norte-americano, possivelmente o último dos “mavericks” da literatura norte-americana. 

Porém, ao oferecer a Mickey Rourke o “alter-ego” de Charles Bukowsky, o célebre e mal-amado Henry Chinasky, o filme termina por ter um saldo profundamente negativo, apesar do excelente desempenho de Faye Dunaway, que até foi nomeada para o Globo de Ouro, mas que não chega para salvar a película do pântano em que caiu. Recorde-se que anteriormente, em 1981, o cineasta Marco Ferreri tinha levado ao grande écran a figura de Charles Bukovsky no magnífico filme “Contos da Loucura Normal” / “Storie di ordinária follia”, com Ben Gazarra e Ornella Mutti nos protagonistas e quem viu este filme nunca mais se esquece do belo poema que Ben Gazarra lê à jovem que encontra na praia. 

Rui Luís Lima

Sem comentários:

Enviar um comentário