domingo, 6 de agosto de 2017

Susan Seidelman – “Desesperadamente Procurando Susana” / “Desperately Seeking Susan”


Susan Seidelman – “Desesperadamente Procurando Susana” / “Desperately Seeking Susan”
(EUA - 1985) – (104 min. / Cor)
Rosanna Arquette, Madonna, Aidan Quinn, Mark Blum, John Turturro.


"por ti
deixava de meter
o dedo no meu belo nariz
e de roer as minhas
unhas deliciosas"

Diane di Prima


Sempre me disseram que começar uma crónica com uma citação ficava sempre bem, mas falemos do filme. Susan Seidelman, a realizadora, estreou-se entre nós com o filme "Estilhaços" / "Smithereens" (passou no cinema Quarteto) era o pós-punk e as aventuras de uma outra Susan, em busca do êxito. O filme era muito engraçado, mas um bocado moralista, fez-me recordar um pouco "A Coleccionadora"  / “La Collectionneuse” de Eric Rohmer, principalmente o final.


Já em "Desesperadamente Procurando Susana" a estrela chamava-se Madonna, no entanto ela não canta, há muito barulho na discoteca. Mas há um momento sublime no filme: John Lurie tocando o seu inseparável sax, no interior da noite. Esta sequência, meus amigos, vale o filme! E inevitavelmente leva-nos até "Subway Riders" / “Os Viajantes da Noite” de Amos Poe, também com o John Lurie, no elenco e cujo filme foi também estreado nesse Templo do Cinema que era o Quarteto.


"Desperately Seeking Susan" é o código usado por Susan (Madonna) e Jim (Robert Joy), para marcação dos seus encontros esporádicos, via anúncios no "Daily Mirror", mas Roberta (Rosanna Arquette) a esposa do Gary “das banheiras” (Mark Blum), lê os anúncios de Susan e Jim e decide descobrir o par, acabando por tomar inconscientemente a identidade que procurava. No meio de tudo isto há um roubo de jóias, uma morte, perseguições, paixões e um fabuloso número de circo com pombinhas. Roberta (Rosanna Arquette) termina a aventura no colo do Dez (Aidan Quin), a fixe guy, Susan (Madonna) lá vai à vidinha com o Jim (Robert Joy) em busca de mais aventuras e o Gary (Mark Blum) lá fica com as suas banheiras. Era assim o “cinema indie” na década de oitenta do século xx!


Se desejarem conhecer melhor o cinema de Susan Seidelman, tentem descobrir "As Tardes do Gaudi" / “Gaudi Afternoon”, com um quarteto de luxo constituído por Judy Davis, Marcia Gay Harden, Lily Taylor e a Juliette Lewis!

Sem comentários:

Enviar um comentário