sábado, 10 de junho de 2017

Phillip Borsos – “A Última Reportagem” / “The Mean Season”


Phillip Borsos – “A Última Reportagem” / “The Mean Season”
(EUA - 1985) – (103 min. / Cor)
Kurt Russell, Mariel Hemingway, Andy Garcia, Joe Pantoliano, Richard Jordan.


Quando compramos um jornal, a nossa atenção vai para os grandes títulos: as reportagens mundanas, onde por vezes os escândalos abundam; os crimes, as guerras e as mortes são imagens destacadas; os jogos de poder, onde os políticos são os operadores dessa estranha máquina que é o Estado, que não possui a perfeição de um relógio Suíço. O homem que nos dá estas notícias e nos obriga, por vezes, a seguir atentamente alguns casos onde a corrupção, os interesses pessoais, as ambições "bigger than life" ou as mortes abundam, abrindo-nos o apetite para a voragem de notícias, tantas vezes manipuladas, é o jornalista, conhecido por muitos como o Quarto Poder.
Ele controla muitas vezes o olhar e as acções da opinião pública, pode impedir uma guerra ou acabar com ela. Ele, que nem sempre é bem visto por certos poderes e muitos têm sido os que, no cumprimento da sua missão de informar, perderam a vida ou são vítimas de raptos e torturas, possui o dever de informar de forma isenta.



"A Última Reportagem" / "The Mean Season", do cineasta canadiano Phillip Borsos (1), surgiu silenciosa no mercado de dvd nacional e por aqui tem andado perfeitamente perdida (apesar das diversas exibições no pequeno écran), mas regressemos ao filme: nele a figura do jornalista é-nos oferecida como personagem, não no sentido do denominado "correspondente de guerra", como sucede em filmes como "Correspondente de Guerra" / “Foreign Correspondent” de Alfred Hitchcock, "Terra Sangrenta" / “Killing Fields” de Roland Joffé e o "Círculo de Mentira" / “Die Falschlung” de Volker Schlondorff, mas sim numa óptica próxima da adoptada em películas como "A Calúnia" / “Absence of Malice” de Sydney Pollack, "Os Homens do Presidente" / “All The President’s Men” de Alan J. Pakula e "O Homem das Lentes Mortais" / “Wrong is Right” de Richard Brooks . Não estamos na guerra aberta, porque o conflito surge num território específico, mais concretamente em Miami e os protagonistas são um criminoso psicopata e um jornalista do Miami Journal (Kurt Russell), que mais uma vez nos oferece uma excelente interpretação.


Tudo começa quando o assassino de uma jovem de 16 anos telefona para a redacção do jornal para confirmar a sua autoria, dando elementos e prometendo mais cinco mortes, instaurando entre o jornalista e o criminoso o meio de comunicação com o público. Instaura-se a "guerra" entre o jornalista e a polícia, ambos querem apanhar o criminoso, embora seguindo cada um o seu método, o que leva ao nascimento de pressões policiais, enquanto os cadáveres começam a surgir e o pânico generalizado a instaurar-se entre a população. O trabalho de informar a opinião pública, termina por envolver o jornalista directamente, quando é a sua companheira (Mariel Hemingway) que é raptada pelo criminoso.


Possuindo uma eficácia narrativa excelente e uma óptima direcção de actores, "A Última Reportagem" / "The Mean Season" oferece-nos uma daquelas obras cinematográficas que se olham com agrado, envolvendo-nos completamente no clima da história.

(1) - Phillip Borsos faleceu em Vancouver 
vítima de leucemia, 
tinha apenas 42 anos.

2 comentários: