terça-feira, 11 de abril de 2017

Gary Burton - "Seven Songs for Quartet and Chamber Music"


Gary Burton
“Seven Songs for Quartet and Chamber Music”
(Music by Michael Gibbs)
ECM Records

Esta gravação de Gary Burton com a NDR Symphony Orchestra de Hamburgo, foi registada em Dezembro de 1973, sendo os temas da autoria de Michael Gibbs que também dirige a Orquestra, excepto o famoso “Arise, Her Eyes” da responsabilidade de Steve Swallow, que aqui surge no baixo eléctrico a acompanhar Gary Burton no vibrafone e aos quais se juntaram Michael Goodrick na guitarra e Ted Seibs na bateria, estamos assim perante aquele que foi o quadragésimo álbum editado pela famosa editora de Munique, a ECM Records de Manfred Eicher, que mais uma vez decidiu oferecer ao grande público o encontro entre a denominada musica erudita com o jazz, através das composições de Michael Gibbs.

Durante décadas se esperou pela edição deste trabalho no formato de cd, o que só sucedeu agora numa bela embalagem em cartão que reproduz o LP original, mas infelizmente pouco prática para quem gosta das habituais caixas de plástico. Mais uma vez o ouvinte fica profundamente fascinado pela música envolvente que escuta ao longo de “Seven Songs for Quartet and Chamber Orchestra”, onde o vibrafone de Gary Burton navega de forma límpida e cristalina. Uma reedição que se saúda e merece ser (re)descoberta, por todos os amantes de jazz!

Gary Burton – Vibraharp.
Michael Goodrick – Guitar.
Steve Swallow – Bass.
Ted Seibs – Drums.
NDR – Symphony Orchestra, Hamburg, dirigida por Michael Gibbs.

1 – Nocturne Vulgaire / Arise, Her Eyes – 9:35
2 – Throb – 5:28
3 – By Way of a Preface – 4:35
4 – Phases – 7:25
5 – The Rain Before It Falls – 4:06
6 – Three – 6:13

Duração: 37:24
Ano: 1974
Edição: LP/CD

Gravado em Dezembro de 1973 em Hamburg, por Henning Ruete e remisturado por Martin Wieland. Produzido por Manfred Eicher. Design da capa da responsabilidade de Frieder Wieland. Todas as composições são da autoria de Michael Gibbs excepto o tema “Arise, Her Eyes” pertencente a Steve Swallow.

Sem comentários:

Enviar um comentário