domingo, 26 de fevereiro de 2017

Charles Crichton – “Um Peixe Chamado Wanda” / “A Fish Called Wanda”


Charles Crichton – “Um Peixe Chamado Wanda” / “A Fish Called Wanda”
(EUA/Inglaterra – 1988) – (108 min. / Cor)
John Cleese, Jamie Lee Curtis, Kevin Kline, Michael Palin, Tom Georgeson.

“Um Peixe Chamado Wanda” / “A Fish Called Wanda” é uma das melhores comédias da década de oitenta, século xx. Um dos segredos deste filme reside no argumento escrito pelo ex-Monty Python John Cleese e no veterano cineasta Charles Crichton, um homem que sabia como ninguém do ofício, recorde-se que ele é o responsável pelo célebre “The Lavander Hill Mob” e foi um dos nomes grandes do célebre Estúdio Britânico Ealing Studio que, nos anos cinquenta do século xx, nos ofereceu das mais delirantes comédias oriundas das terras de Sua Majestade, para além de ser um dos nomes incontornáveis da televisão britânica.


Temos assim nesta produção anglo-americana dois nomes de Hollywood: Kevin Kline que, ao longo da sua carreira surge sempre de bigode nas comédias e Jamie Lee Curtis, a célebre filha de Tony Curtis e Janet Leigh, que nasceu para o cinema no célebre “Halloween” de John Carpenter. Por outro lado temos dois elementos dos célebres Monty Python: o excelente John Cleese e Michael Palin, que hoje em dia se dedica a uma das melhores séries na televisão, nas suas viagens pelo mundo, onde o humor se encontra sempre presente, para além dos seus magníficos livros de viagens. Aliás para se saber mais sobre os Monty Python (essa tribo que revolucionou o humor na televisão), não há nada como ler a sua auto-biografia, já publicada entre nós.


“A Fish Called Wanda” começa com um assalto “bem sucedido”, que o diga Georges Thomason (Tom Georgeson), filmado com um rigor exemplar pelo veterano cineasta, mas como cada um dos membros do grupo pretende as jóias só para si, a situação vai-se complicar, porque o único elemento preso é o detentor do segredo onde elas se encontram escondidas e para complicar mais as coisas existe uma testemunha ocular, uma simpática velhota que gosta de passear os seus cãezinhos pela rua.
Por outro lado, Otto (Kevin Kline) nutre um imenso desejo sexual por Wanda (Jamie Lee Curtis) e fica perfeitamente histérico quando alguém lhe chama estúpido, já Ken (Michael Palin) o célebre atirador que tudo fará para liquidar a testemunha ocular, possui uma imensa paixão pelos peixinhos que vivem no aquário na casa onde o gang se esconde. George, o cérebro do gang, irá ser julgado pelo distinto juiz Archie Leach (*) (John Cleese), que irá cruzar-se com a jovem Wanda (Jamie Lee Curtis), que tudo fará para o seduzir, porque também ela pretende as famosas jóias só para si, para além desse momento único de "nonsense" que são as diversas tentativas de homicídio da testemunha ocular.


Ao longo da película iremos descobrir um humor perfeito que obriga o mais empedernido espectador a sorrir perante as situações, muitas delas perfeitamente inimagináveis, desde a forma como os ciúmes de Otto transpiram para o écran, passando pela célebre gaguez de Ken, até ao ar perdido de Archie Leach, que vai escondendo da mulher e da filha a perigosa situação em que se encontra, não conseguindo resistir aos encantos da bela Wanda, para além das diversas tentativas de homicídio da testemunha ocular de um “nonsense” perfeito.
“Um Peixe Chamado Wanda” / “A Fish Called Wanda” conduz-nos assim a esse território humorístico que durante décadas tornou célebre os Estúdios Britânicos e por outro lado a magia dos Monty Python permanece de forma subtil no grande écran, porque aqui respira-se comédia por todos os fotogramas!


(*) - Curiosamente o nome de baptismo do famoso Cary Grant.

4 comentários:

  1. Filme que não me canso de rever, com pormenores magníficos, desde a sequela dos "cãezinhos", aos peixes do aquário que vão sendo comidos... O Humor britânico, por vezes negro, no seu melhor, com o talento enorme de Cleese e Palin. Mas não só, a filha de Curtis e Janet Leigh também compõe um bom desempenho no filme.
    Boa noite de Domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos aqui o humor inglês no seu estado mais puro.
      Obrigado pela visita e comentário.
      Uma boa semana!

      Eliminar
  2. Bom dia! Gargalhadas atrás de gargalhadas, num humor extremamente bem feito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estamos perante uma dessas comédias irresistíveis!
      Simplesmente delirante:)
      Boa Tarde!

      Eliminar