sábado, 7 de janeiro de 2017

Eric Rohmer – “O Raio Verde” / “Le Rayon Vert”



Eric Rohmer – "O Raio Verde" / "Le Rayon Vert"
(FRA – 1986) – (98 min. / Cor)
Marie Rivière, Vincent Gauthier, Béatrice Romand, Isa Bonnet, Rosette.

O cinema de Eric Rohmer sempre foi rodeado de juventude, a começar pelos actores escolhidos e a terminar no próprio cineasta, alicerçado sempre em pequenas histórias do quotidiano, onde o espectador acaba sempre por se rever.

No caso concreto de “O Raio Verde” / “Le Rayon Vert”, deparamos com a solidão da protagonista, durante o período de férias, a lutar contra esse estado de perdida no meio da multidão. As férias de Delphine (Marie Rivière, sempre excelente), levam-na a compartilhar estas com amigos, mas ao fim de três dias desiste e embora esteja sempre rodeada de pessoas que a estimam, a solidão acentua-se na Normandia e decide regressar a Paris. E mesmo depois de uma amiga lhe emprestar um apartamento numa zona balnear ao sul, ela mergulha no abismo e nem o seu encontro com a sueca Lena, uma rapariga que usufrui de todos os momentos fazendo amizades com facilidade, a impede de cair num choro convulsivo, lamentando a sua sorte. Quantos solitários já viveram este terrível sentimento? Muitos, certamente.


No entanto, ao cruzar-se com um jovem na Gare de Biarritz, decide partir com ele para St-Jean-de-Luz, para descobrir o famoso Raio Verde de que fala o escritor Jules Verne no seu livro com o mesmo título e será nesse preciso momento em que ambos contemplam o horizonte marítimo e a respectiva despedida do sol a mergulhar no oceano, para depois regressar por breves momentos e lhes enviar o famigerado Raio Verde, que ela irá descobrir que chegou a hora de finalmente compartilhar a sua vida.


“O Raio Verde” / “Le Rayon Vert” é um belo e singelo filme, que nos convida à meditação através do olhar de Eric Rohmer. Recorde-se que a película conquistou o Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1986.

2 comentários:

  1. Adoro Eric Rohmer sempre! Creio que vi todos os seus filmes. Le Rayon Vert, La (les?) nuit de la pleine lune, La femme de l'aviateur... A Béatrice Romand é uma das actrizes dele que mais aprecio, mas também a Ogier que morreu tão novinha!
    Bom ano novo, com filmes bons e coisas bonitas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos fans do Rohmer, esse cineasta sempre jovem, aliás os filmes falam por ele, iremos visitar os seus filmes ao longo deste ano, esperemos que goste. As actrizes de Eric Rohmer são inesquecíveis!
      Boa Tarde!

      Eliminar