sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Peter Weir – “A Testemunha” / “Witness”


Peter Weir - "A Testemunha" / "Witness"
(EUA - 1985) – (112 min. / Cor) 
Harrison Ford, Kelly mcGillis, Lukas Haas, Alexander Godunov.

“A Testemunha” / “Witness” foi a primeira película realizada pelo australiano Peter Weir no continente norte-americano, possivelmente o mais interessante dos cineastas australianos, a trabalhar em Hollywood neste momento.

Nesta película surpreendente, Peter Weir construiu em um vigoroso “thriller”, possuído pelo olhar de uma criança. A sua câmara registou com sabedoria o choque entre duas culturas bem distintas: a comunidade Amish, que vive isolada no tempo, com Rachel (Kelly McGillis) e Samuel (Lukas Haas), e o mundo violento do detective John Book (Harrison Ford), onde a corrupção atinge a justiça e a autoridade.


John Book (Harrison Ford) é um homem só, que acreditava nas virtudes da Instituição que servia, mas vê-se envolvido entre o fogo dos seus colegas e a paz que Rachel (Kelly McGillis) lhe oferece, no interior da comunidade. Durante o período passado pelo detective na comunidade Amish, este irá rever o olhar que possui sobre o mundo e as pessoas, terminando por se envolver com a jovem. A forma soberba como o cineasta nos oferece o dia a dia dos Amish, assim como a maneira como eles são ostracizados pelas populações das redondezas, coloca questões muito importantes sobre a forma como muitos olham a diferença, seja ela respeitante à cor da pele ou crenças religiosas.

Reposta a lei, chega a hora de John Book (Harrison Ford) partir, ou antes, a fuga do presente que teima ser futuro, já que o amor que Rachel (Kelly McGillis) nutre por ele encontra essa muralha intransponível e separadora de duas pessoas bem presas em cada um dos seus mundos.


Recorde-se que na época Kelly McGillis era uma jovem actriz desconhecida, que mudou o seu visual para interpretar a personagem, para pouco tempo depois a descobrirmos em “Top Gun” de Tony Scott, a oferecer-nos toda a sua beleza, ao lado de Tom Cruise. Já Harrison Ford, cujo trabalho no cinema na época navegava entre “Stars Wars” e “Indiana Jones”, irá revelar aqui todas as suas potencialidades dramáticas, aliás Peter Weir gostou tanto da sua interpretação, que o convidou para protagonista do seu filme seguinte intitulado “A Costa do Mosquito” / “The Mosquito Coast”.


“A Testemunha” / “Witness” mantém ainda hoje toda a sua frescura e saber, só possível em virtude do seu realizador se chamar Peter Weir.

2 comentários:

  1. Vi este filme várias vezes e sempre com imenso prazer.
    Boa noite! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recordo-me de o ter visto numa ante-estreia e de os presentes estarem todos fascinados com o talento de Kelly McGillis, uma actriz a quem os ventos da fortuna em Hollywood nunca lhe sorriram e foi pena, porque ela merecia.
      Bom dia! :)

      Eliminar