sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Debra Winger - Parte 1


O cineasta James Bridges caracterizou-a como inteligente e actriz por instinto, enquanto James Brooks, também ele realizador, afirmou: “quando acabávamos as filmagens, encontrávamos outra pessoa, totalmente diferente”. A sua colega em “Laços de Ternura”, Shirley MacLaine, referia-se a ela como “a querida, brilhante, turbulenta Debra, que funciona com um ritmo diferente de todos nós”. Esta estrela, então em ascensão, nasceu em Cleveland – Ohio e quando disse ao pai que queria ser actriz de cinema ele riu-se, respondendo que as estrelas de cinema tinham que ser bonitas.


"Urban Cow-boy" / "O Cow-boy da Noite"

Debra Winger começou na publicidade, passando depois para a série “Wonder Woman” e em 1978 estreou-se no cinema com “Thank God it’s Friday” / “Graças a Deus é Sexta-Feira”, seguindo-se “French Postcards” e “Urban Cow-boy” / “O Cow-boy da Noite” ao lado de John Travolta, sempre em papéis secundários, até que é a estrela radiante do magnífico filme de David Ward “Cannery Row”/”Bairro da Lata”, ao lado de Nick Nolte. John Huston era, na película, o narrador do famoso livro de John Steinbeck ou melhor dos dois livros, tendo em conta que o argumentista David Ward adaptou para o écran de forma sublime os livros “Bairro da Lata” e “Um Dia Diferente”.


"Cannery Row" / "Bairro da Lata"
(uma genial adaptação de dois romances de John Steinbeck)

Recorde-se que o célebre escritor norte-americano,escreveu “Um Dia Diferente”, porque tinha saudades dos personagens criados para “Bairro da Lata”, decidindo juntar-lhes mais uma personagem feminina cheia de encanto e ternura, para desta forma oferecer ao leitor os caminhos insondáveis do amor.
Depois foi o sucesso de bilheteira, mais por estar ao lado de Richard Gere, do que por ela própria, estamos a falar, como já devem ter percebido de “Oficial e Cavalheiro”  / “An Officer and a Gentleman” e como quase sempre acontecia na época Debra Winger seguiu o exemplo de outras colegas suas, recusando-se a voltar a trabalhar com Richard Gere, que nesses tempos tinha um comportamento por vezes nada correcto durante a rodagem dos filmes em que participava.


"An Officer and a Gentleman" / "Oficial e Cavalheiro"

“Laços de Ternura” / “Terms of Endearment” de James Brooks colocou de novo na ribalta Debra Winger, ao lado dos veteranos Shirley MacLaine e Jack Nicholson, sendo a sua interpretação memorável. Para aqueles que não sabem, ela foi a famosa voz de “E.T”. no conhecido filme de Steven Spielberg, devidamente trabalhada electronicamente. Apesar de Spielberg nunca a ter convidado para protagonista dos seus filmes, sempre mantiveram uma relação cordial.


"Terms of Endearment" / "Laços de Ternura"

Ivan Reitman, que se tornou famoso ao assinar “Os Caça-Fantasmas” / “Ghostbusters”, realizou “Legal Eagles” /”Perigosamente Juntos” com Robert Redford e Debra Winger, que aqui surgia com um novo visual, por sinal bastante sedutor e para Ivan Reitman “ela é a figura exacta de Laura Kelly, ela é o motor do filme”. Robert Redford e Debra Winger formaram o par perfeito desta película, aliás numa antiga entrevista a actriz confessava que a idade ideal para o seu companheiro seria 45 anos, porque gostava de homens mais velhos. No entanto a vida desmentiu este pensamento e ela com 31 anos casou-se com Timothy Hutton que tinha 26 anos, afirmando a actriz numa entrevista que “a vida é uma grande aventura!”.


"Legal Eagles" / "Perigosamente Juntos" 

“Perigosamente Juntos” / “Legal Eagles” é uma história de advogados com um caso estranho em mãos. Filme de actores perfeito, a película de Ivan Reitman dá-nos a conhecer essa maravilhosa arte de representar através das interpretações desta dupla perfeita.


Reconhecida por muitos como uma actriz que se entregava ao cinema de corpo e alma, o futuro acabaria por alterar os seus projectos, tanto artísticos como familiares.


(continua)

2 comentários: