quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Tim Robbins – “América Anos 30” / “Cradle Will Rock”


Tim Robbins – "América Anos 30" / "Cradle Will Rock"
(EUA – 1990) – (132 min. / Cor)
Emily Watson, Bill Murray, Hank Azaria, Susan Sarandon, Vanessa Redgrave, John Turturro, Joan Cusack, Ruben Blades, John Cusack.

O nascimento do dvd proporcionou ao público ter contacto com muitos filmes que não são lançados nas salas, surgindo directamente no formato dvd. E as razões na origem dessa situação são tantas, que decidimos falar do caso concreto do filme de Tim Robbins “Cradle Will Rock” / “America Anos 30” que, após ter fracassado nas bilheteiras americanas, esteve presente no Festival de Cannes em busca do tão desejado balão de oxigénio europeu, que infelizmente não iria conseguir obter. Por estas razões a obra-prima de Tim Robbins acabaria por ser lançada directamente no mercado de dvd, ficando arredada da magia da sala de cinema.


"América Anos 30"/"Cradle Will Rock” é simplesmente um fabuloso filme! Temos a Emily Watson, o John Cusak, o Bill Murray, a Susan Saradon, o Ruben Blades, o John Turturro e a Vanessa Redgrave, o fracasso na América foi natural pelo tema incómodo abordado, aliás a memória muitas vezes revela-se bastante incómoda para determinadas gerações e muitos de nós conhecemos, por via indirecta, o que foi a caça às bruxas do senador McCarthy, graças a filmes como "Na Lista Negra" / “Guilty by Suspicion” de Irwin Winkler, “Good Night, Good Luck” / “Boa Noite e, Boa Sorte” de George Clooney ou “O Testa de Ferro” / “The Front” de Martin Ritt, mas que tinha havido anteriormente, na época do Roosevelt, uma caça às bruxas nos meios teatrais é algo muito pouco conhecido, tal como o episódio do famoso mural de Diego Rivera encomendado por Nelson Rockefeller e a célebre frase da Frida Khalo no “MOMA – The Museum of Modern Art”, na época em que a pintora mexicana foi descoberta pelo grande público americano.


A película de Tim Robbins, "América Anos 30" / “Cradle Will Rock” (1), aborda precisamente todos estes temas, revelando-se uma obra-prima cinematográfica demasiada incómoda para muito boa gente, daí talvez o silêncio que se abateu sobre ela, terminando assim com a carreira de cineasta de Tim Robbins, que continuou com o seu sempre excelente trabalho como actor, realizando neste novo século apenas alguns episódios de séries de televisão.


Aqui vos deixo a sugestão para descobrirem o genial "América Anos 30" / "Cradle Will Rock" e se gostarem deste filme do Tim Robbins, procurem "O Candidato" / “Bob Roberts – Candidato ao Poder” realizado e interpretado pelo próprio Tim Robbins, uma das obras mais fascinantes da História do Cinema, que nos é apresentada como um documentário (enfim, um falso documentário), que se revela um verdadeiro exercício de inteligência, e porque não (re)ver também "A Última Caminhada" / "Dead Man Walking", esse magnifico manifesto contra a pena de morte nos EUA e onde Sean Penn nos oferece uma das melhores interpretações da sua carreira.


Tim Robbins, o cineasta, realizou apenas três filmes, "Bob Roberts - O Candidato ao Poder" / "Bob Roberts",  "A Última Caminhada" / "Dead Man Walking"e "America Anos 30" / "Cradle Will Rock", revelando-se um verdadeiro e magnifico autor, que bem merece ser descoberto!


(1) – Algumas das personagens representadas no filme de Tim Robbins são bem reais, como é o caso de Orson Welles e John Housemann, entre outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário