quarta-feira, 27 de abril de 2016

Michael J, Fox – “Um Homem de Sorte” / "Lucky Man: A Memoir"


Michael J. Fox
"Um Homem de Sorte"
Bizâncio, Pag. 320

O nome de Michael J. Fox é conhecido de todos, principalmente devido ao seu grande êxito “Regresso ao Futuro” / “Back to the Future” e também à sua participação na série “Quem Sai aos Seus” / “Family Ties”.

“Um Homem de Sorte” / “Lucky Man” não é mais um filme seu mas sim um livro, escrito na primeira pessoa, em que nos relata a sua vida desde que nasceu até ao sucesso de uma carreira no cinema, que foi “subitamente” interrompida devido à doença de Parkinson Jovem.


Os actores da famosa série "Family Ties" / "Quem sai aos Seus" 
e a passagem do tempo

A sua narrativa oferece-nos a história de alguém que partiu ainda em adolescente à conquista do sonho de ser estrela de cinema e quando já estava a desistir e a regressar a casa, devido ao insucesso, descobriu finalmente que a sua estrela brilhava e foi tudo tão rápido, como muitos anos depois os tremores que nasceram no seu dedo, sintoma da doença que nascia. A outra parte deste livro fala-nos do problema clínico de Parkinson Jovem, daí a sua catalogação em Medicina, no entanto a forma viva e pessoal como é narrada a doença, quase como metáfora para apenas citar essa obra genial de Susan Sontag, permite uma leitura apaixonante, fugindo ao trágico.


Michael J. Fox no célebre filme "Back to the Future" / "Regresso ao Futuro",
uma película inesquecível!

Este livro editado em  Portugal pela Bizâncio, apresenta-nos um Michael J. Fox jovem e incisivo nas questões que coloca e elas tanto são assuntos como a fama de uma estrela e a sua vida atribulada na Meca do Cinema, como a história de um homem famoso em luta contra uma doença, que o tornou igual a todos os outros, mas também diferente porque as suas convicções o transformaram no nome de uma causa.

Esse mesmo homem que lutara por um lugar ao sol no firmamento estrelar, trabalhando simultaneamente numa série “Quem Sai aos Seus” / “Family Ties” e numa película “Regresso ao Futuro” / “Back to the Future”, sobrevivendo então com apenas três horas de sono.


A arte de ser famoso nunca foi tão bem descrita como nestas páginas de um humor perfeito, sem qualquer mágoa ou pesar, apenas a passagem de um tempo que lhe ofereceu uma razão para viver no interior do seu núcleo familiar com a maior das intensidades.

Michael J. Fox, com “Um Homem de Sorte” / “Lucky Man”, oferece ao leitor o mapa da estrada da felicidade, como se de um filme se tratasse. Infelizmente a cura da doença de Parkinson ainda está distante, mas a acção de Michael J. Fox para a resolução do problema tornou-se muito importante e a fama do seu nome, como ele refere, contribuiu no bom sentido, para uma luta mais intensa com o problema.

Sem comentários:

Enviar um comentário