terça-feira, 12 de abril de 2016

Catherine Texier – “Love Me Tender”


Catherine Texier
"Love Me Tender"
Edições 70, Pag. 248

Catherine Texier, nascida e criada em França, possui apenas um livro editado em Portugal, pelas Edições 70, o magnífico “Love Me Tender”.

“Quero-te, diziam os olhos de Rafael, azul-turquesa como uma piscina da Florida. Encontravam-se apertados, cotovelo com cotovelo, num bar apinhado. Os olhos também denunciavam que ele estava bêbado. Mas sóbrio até à morte no seu desejo por ela.”


“Love Me Tender” possui uma fotografia sugestiva na capa, mas Catherine Texier não é só autora de uma obra: “Panic Blue” e “Chloé l’Atlantique” são outras das suas obras que se encontram com facilidade nas livrarias, tendo a última sido escrita originalmente em francês.

Para além de escrever regularmente em revistas como “Harper’s Bazaar”, “Cosmopolitan”, “Marie Claire”, “Elle” e a “Newsday” é também uma das responsáveis pela edição do magazine literário “Between C and D”.
Já a sua novela “Victorinne” convoca Flaubert e Stendhal para a sua “feitura” do ponto de vista estilístico e a acção decorre em finais do século xix em França, sendo baseada na vida da sua bisavó, curiosamente a própria capa do livro é um pastiche das obras destes escritores.


Depois, Catherine Texier vê uma vida sólida, baseada no amor construído com o seu companheiro de sempre, explodir literalmente na selva de betão da grande metrópole, nascendo assim um dos livros mais lidos da autora, “Break Up – The End of a Love Affair”, crónica do último ano de uma tempestuosa vida matrimonial ao fim de 18 anos de sólido casamento e de amizade literária, onde a traição e a autodestruição percorrem o mesmo leito do rio: “I will never forgive you. I will never make love with you again. I do not love you anymore”.

A sua obra literária, embora pouco conhecida em Portugal, merece uma melhor divulgação, porque a sua escrita profundamente erótica merece bem ser descoberta... enquanto isso não sucede procurem “Love Me Tender” e, já agora, porque não ler “Break Up – The End of a Love Affair” para evitar o fim da paixão.

Sem comentários:

Enviar um comentário