sexta-feira, 17 de março de 2017

João Miguel Fernandes Jorge, Jorge Molder, Joaquim Manuel Magalhães - "Uma Exposição"


João Miguel Fernandes Jorge
Jorge Molder
Joaquim Manuel Magalhães
"Uma Exposição"
A Regra do Jogo, Pag. 83


Em 1980, a editora A Regra do Jogo ofereceu-nos um dos mais belos livros de poesia e fotografia dedicados a um pintor. O seu título era simplesmente “Uma Exposição” e o pintor chamava-se Edward Hooper. O livro de 83 páginas e com uma capa bastante frágil, era dono de belos poemas dedicados à vida e obra desse génio da pintura e os poetas que prestavam assim a sua admiração e homenagem a esta figura incontornável do mundo das artes eram João Miguel Fernandes Jorge e Joaquim Manuel Magalhães a que se juntou o fotografo Jorge Molder que, através da sua arte, percorria os caminhos da obra do célebre pintor norte-americano. Este pequeno, belo e inesquecível livro rapidamente desapareceu das livrarias, mas costumo vê-lo na Feira do Livro de Lisboa, na zona dos pavilhões dos Alfarrabistas. Como depois de o ler diversas vezes o perdi na espuma dos dias, espero reencontrá-lo em breve. Aqui vos deixo um dos poemas que guardo nos meus apontamentos, da autoria de Joaquim Manuel Magalhães.



Sunlight in a Cafetaria

Abria o guarda-fatos e tirava
o casaco mais velho e as piores
calças de veludo cor de sombras.
Ia ter contigo. Só o perfume

fazia pressentir o coração.
essa frágil ideia que batia
quando me sentava no café
muito antes da hora combinada.

As mãos quietas, o rosto debruçado
para o vidro sujo de tabacos
donde ao longe havias de chegar.

O chão coberto duma luz magoada,
de papéis amassados, cinzas
que teus pés vinham a calcar.

Joaquim Manuel Magalhães 
in "Uma Exposição"
Ed. A Regra do Jogo

Sem comentários:

Enviar um comentário